segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

# 2017 # Grêmio

7 EM 2017!

Bom dia gente, tudo bem? Por conta da correria do dia a dia ando postando pouco por aqui, mas todos os dias meu bloco de notas do celular fica cheeeio de rascunhos com anotações de posts para trazer aqui pra vocês. Entre esses rascunhos, achei um post que eu já estava pensando em fazer desde o inicio de Janeiro, o 7 EM 2017. Esse post é um resumão do ano passou citando 7 coisas que aprendi/vivi.
Vamos la:




1. Curso Técnico em Publicidade: Em 2017 eu decidi retornar a sala de aula. Como tive que trancar a faculdade de Design Gráfico por motivos de que fiquei desempregada e não tive dinheiro pra pagar o segundo semestre, acabei ficando em casa sem fazer nada e isso é bom nos 2 primeiros dias, depois eu já fico numa agonia só. Comecei a pesquisar cursos onlines na área da comunicação e encontrei uma notícia no site de um jornal aqui da cidade falando sobre cursos técnicos gratuitos, abri o edital para ver quais as opções de cursos e la no final da lista quando eu já estava desistindo de procurar, encontrei Técnico em Publicidade, na mesma hora eu preenchi a ficha de inscrição e recebi o e-mail para aguardar o resultado pois as vagas para esse curso seria por sorteio e divulgadas em até 20 dias.
Esperei por 30 dias e nada de receber a tal ligação que me dava a notícia de que fui uma das sorteadas, então, mais um vez quando eu estava desistindo da ideia de fazer o curso, me ligaram dizendo que uma pessoa que havia sido sorteada não fez a matrícula a tempo e eles passaram a vaga pro próximo da lista, que no caso era euzinha. Fui correndo fazer a matrícula e as aulas começavam no dia seguinte já.



2. Emprego Mobifans: La em 2013 conheci a Mobifans, uma empresa que fabrica e vende acessórios para celular. Trabalhei com eles durante seis meses. Passado 4 anos a gerente precisava de uma estagiaria na área de vendas e me chamou pois gostava muito do meu trabalho, do meu atendimento. Eu aceitei na hora né, sem me falar nada, ela me colocou pra trabalhar novamente e conversou com os responsáveis pela nova gerencia sobre me efetivar como vendedora e aumentar meu salario, ela estava saindo da empresa, mas antes de sair deixou tudo pronto para que eu fosse efetivada no mês de maior movimento para que  eu pudesse receber um salario melhor. Quando ela saiu e eu fiquei sabendo disso tudo, eu fui atras dela e agradeci, porque foi um anjo que me ajudou. Se hoje eu vendo pra c****** e sou a vendedora com maior numero de vendas, é graças a ela que acreditou em mim quando eu era op. de caixa la em 2013 e me ensinou tudo no mundo das vendas. 


3. Morar perto da mãe: Isso foi uma das coisas mais sabias que eu pude fazer esse ano. Sai de casa com dezoito anos e sempre morei longe da minha mãe, sentia uma falta enorme de conversar, comer comida de mãe, até dos gritos dela eu sentia falta. Então quando decidimos voltar pra Porto alegre, falei pra minha namorada que queria morar perto da minha mãe. Hoje moramos numa casa a 4 quadras da minha mãe, posso ir visitar ela andando, pensa na felicidade da criança aqui hahaha.


4. Corte de cabelo: Resolvi mudar o cabelo, acordei um belo dia com a vontade de cortar no ombro o cabelo que estava na cintura. Liguei pro meu padrasto que é cabeleiro e pedi para que ele cortasse pra mim, sem muito acreditar, ele disse que sim, cheguei la na casa da minha mãe e todos quase chorando dizendo que eu era louca por cortar o cabelo naquele tamanho, mas estava decidida, foram dois palmos de cabelo cortado. Me sinto tao mais leve desde então. 


5. Perdas: Nesse ano que passou eu perdi minha avó, foi a primeira vez que eu passei por uma situação dessas, eu sabia que uma hora ia acontecer, mas isso é o tipo de coisa que a gente nunca esta preparado para lidar. Não importa o que falam, já passou um mês e só eu sei a dor que ainda tem dentro do meu peito, a sensação de que ela ainda esta la na casinha dela, e quando chegar as férias irei passar uns dias la, parece que ela não se foi porque ela ainda esta muito viva aqui dentro do meu coração. 


6. 1 ano com o Kratos: Eu descobri que ser mãe de cachorro é tao difícil quanto ser mãe de uma criança, que eles destroem a casa que você acabou de limpar, comem suas maquiagens, "usam" seus sapatos, comem a sua comida, dominam a sua cama e te amam incondicionalmente!
Era pra ser porte P, era pra ser educado, era pra ser calminho, mas mesmo ficando enorme, resmungão e ativando o modo cachorro louco todos os dias, eu não me vejo mais sem esse focinho gostoso. 

adotar esse catioro foi uma das coisas mais maravilhosas que eu ja fiz na vida, super indico!

O balão durou dois segundos após a foto.
7. Grêmio, paixão tricolor: Eu sempre fui gremista, mas nunca fui de assistir aos jogos, ir no estadio, cantar as musicas da torcida então, jamais, porém esse ano minha gente, eu subi alguns níveis no quesito torcedora do Grêmio, a ponto de não perder um jogo, cantar e torcer até perder a voz, sofrer com cada minuto do jogo, vestir a camiseta e ir comemorar na rua.

Obrigada amor, por me mostrar o quanto é bom ser gremista. 💙


2 comentários:

  1. Que legal, adorei o post.. pensando em fazer nesse estilo no meu blog.
    Beijinhos 🌸

    Ta rolando sorteio lá no blog, corre e participa! 💗

    Sorteio de uma Caneca super fofa de Pug

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diú, tudo bem?
      é nova aqui no blog né?
      Seja Bem Vinda!

      Que bom que gostou do post, faça mesmo.
      tu fala de sorteio de caneca logo pra mim que sou doida por canecas?
      óbvio que vou participar, to no teu blog agoooora.


      Beijos

      Excluir