terça-feira, 8 de maio de 2018

Liberdade

20:00 6 Comments
Era uma sexta feira e Ana foi almoçar com duas amigas que não via a muito tempo, trabalharam juntas durante dois anos numa empresa a algum tempo atrás. Lá era tudo regrado, entra as 08h e sai as 18h, intervalo era apenas uma hora, de segunda a sexta era o que mostrava o contrato mas se tivesse que trabalhar num sábado,não adiantava reclamar, a empresa abre e elas iam trabalhar, afinal, tinham contas pra pagar. 

Marcaram ao meio dia na entrada da empresa, Ana acordou as 11h, tomou um banho e saiu, todos diziam que ela era a mais louca dali por não querer trabalhar no turno da manhã, julgaram a decisão de sair do emprego com base na ideia de que ela queria ser sustentada por alguém pra dormir até tarde todas manhãs, mal eles sabiam que o que ela queria mesmo era qualidade de vida, nunca se negou a trabalhar mas também nunca achou correto ter que passar um dia inteiro dentro de um sala. 

Falando em sala,vamos voltar lá atrás um pouquinho pra entender  melhor como eram as coisas.

Entra as 8h, não pode atrasar senão descontam, vai pra uma sala sem janela e faz as atividades rotineiras da área da administração, Ana, o telefone, o computador e as milhares notas fiscais, era quase um relacionamento poliamoroso. O relógio marcava 12h e Ana saia pra almoçar mas quando o relógio batia as 12h50 já era hora de voltar e o almoço de Ana ainda continuava lá, porque, ela comia devagar então nunca conseguiu voltar pra empresa sem deixar um pouco de comida no prato. 


Voltava pra sala e seguia com o telefone, computador e suas notas até as 16h, descia pra cozinha fazer um lanche de 10 minutos e depois seguia até as 18h, as vezes 20h. 
Voltava pra casa e tinha que dormir cedo, afinal, no dia seguinte deveria estar lá novamente as 8h. 
Cansada dessa rotina, Ana decidiu por um fim nisso tudo, se demitiu. 
Hoje depois de 4 anos, voltou na empresa para reencontrar as amigas no horário do almoço, era tudo igual, os mesmos horários, mesmo funcionários, mesma rotina.  Elas se encontraram, teve muitos abraços e foram pro carro, durante o caminho até o restaurante, conversaram um pouco, contando resumos do que tinhacontecido nesse período que estavam distantes. Quando chegaram, as meninas comeram correndo, enquanto Ana seguia do mesmo jeito comendo devagar, apreciando o sabor da comida, em um piscar de olhos ja era hora de voltar para o serviço, tiraram uma foto para registrar o encontro e saíram correndo, uma delas deixou metade da comida no prato.  Enquanto as meninas saiam do restaurante, Ana ficou olhando e pensou:

" A louca nessa história nunca foi eu que quis largar essa prisão paraproveitar minha vida " 

Ana seguiu comendo seu almoço devagar, admirando as pessoas correndo para voltar para os seus empregos enquanto ela somente apreciava o sabor daquela comida que havia escolhido. 
Era uma sexta feira, diferente de todas aquelas pessoas que estavam almoçando correndo, pensando no final do expediente para ir embora e postar nas redes sociais o conhecido " SEXTOU ", Ana estava de folga e aprendeu que pode "sextar" todos os dias quando descobrimos o prazer de se empregar da forma correta. 



________________________________________________________________________________________________________________________

Histórias da minha vida 2
Aconteceu em: 2018
Em Porto Alegre – RS
Ana sou eu. 

40 dias sem celular e 20 sem internet.

14:26 3 Comments


Galera, tive a horrível experiência de ficar 40 dias sem celular, muitas notaram a minha ausência aqui no blog e vou explicar o que aconteceu. Eu tinha um telefone que já havia me dado alguns problemas na bateria um tempo atras. Pensando em querer economizar, preferi comprar uma bateria ao invés de um aparelho novo, ok, o telefone funcionou mais alguns meses, até que a bateria inchou, sério galera, eu tirei a capinha do meu celular e percebi que a bateria estava enorme, morri de medo daquilo explodir na minha mão e parei na hora de usar o celular, como a bateria estava inchada, ja não segurava mais a carga, então caia muito rápido e logo ele desligou.

Peguei uma bateria nova que tinha em casa e o aparelho não ligou mais, sério, eu fiquei apavorada porque praticamente TUDO que eu precisava estava naquele celular, contatos, polígrafos do curso, fotos, posts, vídeos, tudo.
Respirei fundo e segui a vida, 20 dias sem celular e eu já havia me acostumado a sair de casa sem precisar carregar alguma coisa, acordar e ver as notificações ou até ligar para as pessoas. Mas eu tava tranquila porque mesmo sem celular, eu ainda tinha a internet e poderia usa-la pelo notebook,  o problema maior foi quando eu fiquei sem internet, isso mesmo, imaginem vocês viverem sem celular e sem internet, eu praticamente aprendi novamente a estudar através de livros e me socializar com as pessoas. hahaha



Quando fechou exatos 40 dias tive que me organizar para comprar um aparelho novo, digo me organizar porque quando moramos sozinhas, temos gastos muito importantes e mais necessários do que um celular novo, então eu tive que pesquisar bem um aparelho bom que suprisse minhas necessidades, com um preço acessível e que não me trouxesse problemas com o anterior. 
Depois dessas pesquisas e cálculos, decidi comprar o celular a vista, talvez uma conta tenha sido deixada pra trás para efetuar a compra desse celular? Talvez. hahaha 



Mas achei importante comprar a vista, pois assim consegui mais descontos e não fico com divida prolongada. Enfim, comprei o J5 PRO da Samsung, estou amando, é um aparelho incrível. Mas mais pra frente faço um post falando sobre ele, até porque agora eu voltei e tem alguns posts na fila para serem publicados hahah. 

Beijos, até mais. 

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Elogie quem você gosta

17:00 14 Comments
Oi galera, tudo bem?
Essa semana ta rolando a semana de palestras la no meu curso, aquela que eu ja contei pra vocês sobre em alguns outros posts, tem muita palestra boa e eu estou com a mente muito aberta, cheia de criatividade e visões diferentes. Uma dessas visões é a do elogio, todo mundo gosta de ser elogiado, se sente bem, porque nao dar essa sensaçao boa pra outras pessoas também?
Não estou dizendo pra você sair elogiando todo mundo que vê, mas sim, elogiar o que você realmente gosta. Dê valor para o trabalho de alguém, diga que gostou da roupa, que achou legal o texto que a pessoa escreveu, que admira o modo da pessoa fazer tal coisa, isso faz uma diferença e tanto na vida de todos. Seja pessoalmente ou virtualmente, gosta de um blog? Vai la e comenta o porque tu gosta do blog, o que te faz voltar la mas seja sincero, faz sem querer algo em troca.

Vou contar uma história que aconteceu comigo:

aqui em Porto alegre e acredito que em outros lugares deve ter também, todos os ônibus e trens possuem poemas colados nas janelas. E eu passo todos os dia lendo os poemas quando vou pro curso. Esses tempos vi um que me chamou muita atenção e eu gostei bastante, de verdade, o poema me fez pensar em muitas coisas e me fez lembrar alguns momentos, o poema se fez importante pra mim. E segunda feira, não me aguentei e fotografei o poema do ônibus, publiquei no instagram mas antes procurei o nome do autor na internet, achei o perfil dele e marquei ele na foto dando os devidos créditos ao moço. Ele como forma de carinho e agradecimento colocou o meu post no stories dele e eu falei o quanto eu amei o poema dele, falei o que senti lendo o poema dele e ele se sentiu muito grato, em poucas palavras eu valorizei todo o esforço dele. Enfim, sigo conversando com ele, hoje já curto a pagina no Facebook, conversamos por direct e até conheci diversos outros poemas dele, mas meu preferido segue sendo o da minhoca hhahaha
Foto que eu fiz dentro do ônibus


agradecimento do Leo via stories no Instagram




Conheçam o Léo:
Instagram: @poemasdoleo  
Facebook: @ospoemasdoleo


Gente, são pequenas atitudes que fazem a vida melhor, então se vocês gostam de algo em alguém, digam, procurem a pessoa e falem. mesmo que não conheça a pessoa, como eu não conhecia o moço do poema, vai atras da pessoa e diga o quanto tu admira ela.

Faz bem pra ela e muito mais pra ti.

Beijos , até mais.

terça-feira, 10 de abril de 2018

Todos em busca da criatividade triangular

14:54 8 Comments

Ser criativo todos nós somos, saber usar a criatividade que temos é o que buscamos aprender com o passar da vida. O que nos do medo e nos parece impossível é o que mais mexe com a nossa criatividade, vejamos, se estamos em um trabalho que todos os dias fazemos sempre a mesma coisa, sabemos que vamos ter o resultado esperado sem muita preocupação, agora se chegarmos nesse trabalho e nos pedirem pra fazer algo totalmente novo, diferente e que nunca fizemos, isso irá instigar nossa criatividade.

Moral da história: Não se acomode nunca. Busque sempre pelo diferente sem medo do difícil, nada é difícil pra quem tem controle da sua criatividade.

O que mais um triangulo pode ser além de um triangulo? Já parou para pensar no que um triangulo pode significar? E no que ele pode se transformar?
Aprendi uma vez em uma aula aleatória de criação que “o nada pode ser tudo “e que se olharmos para o símbolo mais simples que já conhecemos por alguns minutos podemos criar coisas incríveis e antes inimagináveis com ele.

Teste de criatividade:

  •        Pegue uma folha oficio ou do caderno mesmo
  •        Desenhe um triangulo de qualquer tamanho, onde você quiser na folha
  •        Olhe para esse triangulo por alguns segundos e comece a desenhar tudo em triângulos, faça o que você quiser, objeto, pessoa, animal, qualquer coisa, mas tudo deve ser em formato de triangulo, pode ter tamanhos variados mas não pode alterar a forma.

É bom provável que o primeiro desenho fique bem estranho ou seja algo sem sentido, algo simples que você nem queria desenhar mas era o mais fácil a fazer com um triangulo, mas a partir daí você começa a notar que pode fazer muito mais com esse triangulo e além de olhar, você começa a enxergar esse triangulo como uma forma de exercitar tua criatividade. Desse triangulo pode sair um logotipo de uma marca nova ou uma renovação de uma marca já existente, basta saber olhar e enxergar o triangulo. Após treinar alguns dias a criação através do triangulo, tente usar um círculo, retângulo e outros, essa é uma técnica simples, fácil e rápida de exercitar a mente, a criatividade e o olhar.

Super indico, não só pra quem deseja trabalhar na área da publicidade criando logotipos mas para todos, pois não vamos mais dizer que não somos criativos, todos nós temos a criatividade dentro de nós, basta exercitarmos a mente, explora-la e se expressar.

Aqui embaixo deixo o que surgiu na minha mente com três triângulos:


Criei um logotipo (bem simples, porque esse exercicio teve o tempo exato de dez minutos) para uma agencia de comunicaçao. Na minha cabeça essa agencia se chama Comunicup, Comunic de comunicaçao e UP de alto, em frente, pra cima, no simbolo visual eu usei os tres triangulos todos no mesmo formato mas em tamanho crescente mostrando o sentido de subida, indicando o up do nome da empresa, o up que a agencia quer proporcionar ao seu cliente.

Já conheciam essa técnica? O que acharam? Bora desenhar vários triângulos e me mandar por direct lá no insta ( @blog20primaveras)  eu quero ver essas mentes trabalhando.

Beijos, até mais.